António Orlando – texto

Rui Moutinho venceu as eleições para a comissão política do PSD Paredes. As eleições realizaram-se no dia 3 de dezembro.

1.045 militantes foram às urnas e 555 votaram na lista encabeçada por Rui Moutinho, que venceu a lista A, de Joaquim Neves, com uma diferença de 91 votos.

Rui Moutinho será o candidato do PSD nas autárquicas de 2017. Foi, aliás, com esse propósito que,  à revelia da então Concelhia de Pedro Mendes e com o beneplácito de Celso Ferreira, Moutinho apresentou-se como candidato às autárquicas.

O putativo candidato não foi aceite pelo vice-Presidente da Câmara e a “entourage” de Moutinho “precipitou” a realização de eleições antecipadas no PSD/Paredes com o fito de impor o seu candidato.

Na campanha interna, Moutinho, tratou de assumir que era  candidato à Concelhia para ser o candidato do PSD à Câmara.

Nas duas sondagens, de âmbito concelhio levadas a cabo pelo IPOM- Instituto de Pesquisa de Opinião e Mercado Lda para o jornal Progresso de Paredes, Rui Moutinho perde em notoriedade no confronto com todos os social-democratas incluídos no estudo e, também, perde a presidência da Câmara para o PS de Alexandre Almeida, ao contrário, por exemplo, do seu adversário Joaquim Neves que manteria a a Autarquia sob a bandeira do PSD.