António Orlando – texto

Juvenal Brandão já não é treinador do Aliados FC de Lordelo. Em comunicado a direção do Clube anuncia que por mútuo acordo foi terminado o vinculo que ligava o Aliados ao treinador da equipa sénior. José Augusto é o senhor que se segue.

“Num momento particularmente delicado, após a ligação de 3 anos a direção aproveita a oportunidade para agradecer o grande profissionalismo e dedicação demonstrados por Juvenal Brandão durante o período em que esteve vinculado ao Clube, dando permanentes provas da sua incondicional devoção ao Aliados FC Lordelo. O Clube deseja os maiores sucessos pessoais e profissionais, estando certo que terá nova oportunidade para provar todas as suas qualidades para exercer a profissão. Os votos são extensivos aos elementos da equipa técnica – Luís Santos e Vítor Hugo – que também acordaram a revogação do vínculo”, pode ler-se em comunicado do AFC.

Juvenal Brandão na sua página pessoal de Facebook confirma que deixou o cargo agradecendo ao clube a oportunidade que lhe foi dada de treinar o Aliados de Lordelo.

José Augusto Santos, 53 anos, foi a escolha da direção de Filipe Carneiro para assumir a equipa. Trata-se de um regresso ao clube, uma vez que o treinador já orientou o Aliados entre 2006 e 2010. José Augusto já vai orientar a equipa domingo frente ao CRP Barrosas.

Esta semana é segunda chicotada psicológica em clubes de Paredes. A primeira ocorreu na passada terça feira em Sobrosa. Na ocasião, Adalto Silva foi despedido pela direção do clube que milita na I Divisão da AFP Série 2.

Adalto em declarações ao Progresso de Paredes confessou que foi apanhado de surpresa. “O presidente disse-me que por ele, eu continuava mas decidiu acatar a decisão da maioria da direção que optou pela rescisão (…)”

 

Notícia com desenvolvimento na edição em papel do Progresso de Paredes de 17 de fevereiro.