Baltar volta a dar a ignição ao WRC Vodafone Rally de Portugal 2016 através de um shakedown, modelo estreado no ano passado.

No primeiro dia de rali, na próxima quinta-feira, dia  19 de maio, a zona de Baltar volta a acolher a realização de um shakedown, uma espécie de prova de aquecimento, com os bólides a percorrerem as últimas centenas de metros no interior das instalações do Kartódromo. A novidade é que este ano o ACP vai colocar em funcionamento uma bilheteira à semelhança do que acontece na Super Especial de Lousada.

O acesso divide-se pela zona de peão, com os bilhetes a custarem 10 euros, 4.500 lugares de bancada a 20 euros e o passe mais caro, no valor de 50 euros, a incluir o serviço de catering no local e estacionamento no interior do kartódromo.

 Rally na estrada de 19 e 22 de Maio

No primeiro dia da prova repete-se a receita do ano passado com um shakedown, nesta quinta-feira, no concelho de Paredes. A partida oficial é em Guimarães, seguindo-se às 19h a super especial de Lousada.

Na sexta-feira disputa-se a triologia Ponte de Lima – Caminha – Viana do Castelo. A partir das 19h, a novidade “Porto Street Stage”, nos Aliados, Porto.

O rali chega ao Marão, no sábado, com dupla passagem por três troços designados por “Baião” (Aboboreira), “Marão” e “Amarante”. No domingo, Vieira do Minho com dupla passagem a par da tradicional Fafe encerram o rali.

19.05.2016

07:30 / 11:30 – Shakedown (Pilotos P1)

 09:00 / 11:30 – Shakedown (Pilotos P2 e P3)

 11:30 / 13:00 – Shakedown (Outros pilotos)

 Paredes (4,61 km)

Programa completo do Rali em  http://www.rallydeportugal.pt/content.aspx?menuid=3