Rodrigo Pedrosa tem 75 anos, está há 40 ao comando da sua empresa e reforma é algo que não faz parte dos seus planos e projetos, que são muitos.

O homem que veio de Vieira de Leiria para Paços de Ferreira e do nada, aprendeu os segredos das colas, depois vieram os vernizes e as tintas. Uma vida dedicada ao seu negócio em que vê nos que o acompanharam neste percurso uma parte fundamental da sua “família”.

O ambiente familiar foi notório no arraial que os funcionários organizaram no dia 20 de junho, que juntou várias centenas de pessoas e onde uma surpresa deixou o “chefinho”, como é carinhosamente tratado, sem palavras, quando viu ser destapada uma máquina antiga que poderá ser o mote para cumprir um sonho seu: a criação de um museu.

No início a empresa chamou-se Frecol – Colas de Freamunde, mas acabou por mudar de local para Ferreira e com a sede, mudou também de nome.

Um dos momentos mais marcantes da história desta empresa foi um infortúnio, quando a 4 de julho de 1996 deflagrou um incêndio na fábrica que a destruiu por completo. Sem atirar a toalha ao chão, o empresário deixou a decisão nas mãos dos funcionários. Parar ou continuar. Quarenta anos depois, sabemos qual foi a resposta e a reação de quem trabalha e trabalhou na Divercol para que ela voltasse à produção e continuasse a crescer.

Em 1998 a fábrica desloca-se para as novas instalações em Lordelo, inauguradas a 17 de maio de 1999.

“Esta casa foi feita com esse propósito, que as pessoas viessem trabalhar para cá por prazer, as instalações têm condições para nos sentirmos bem e eu sinto-me feliz por isso”, disse Rodrigo Pedrosa.

A Divercol é uma empresa de produção nacional que aposta na qualidade, o seu fundador sabe que o mercado tem muita oferta e a baixo preço e que o cliente muitas vezes só quer o fator preço, mas a qualidade é o que os distingue e o segredo destas quatro décadas de trabalho e de sucesso. Num mercado virado para a guerra de preço, Rodrigo Pedrosa recusa essa forma de trabalhar, pois aposta na qualidade e na fiabilidade dos produtos que vende.

P1070446

Leia a notícia completa na edição em papel de 3 de julho ou subscreva a assinatura digital no nosso site.