Editorial

SEGREDOS DE POLICHINELO

Por Vasco Ribeiro, Diretor de O Progresso de Paredes   Vivemos numa sociedade muito hipócrita. Em que toda a gente sabe e ninguém faz nada e em que toda a gente faz e ninguém sabe. Falo da...

A LEGITIMIDADE DEMOCRÁTICA E O JOGO POLÍTICO

A expressão “O POVO É QUEM MAIS ORDENA” é tida como o sumo significante do potencial democrático da nossa sociedade atual, pretensamente querendo dizer que Todos temos o Direito de escolher. Mas...

Para cá do Marão, quem Manda(-Vir)?

Por Vasco Ribeiro, Diretor Realizou-se no passado fim de semana um dos meus sonhos de criança: A abertura do Túnel do Marão. No fim do túnel sob essa mítica montanha que faz parte do nosso imaginário,...

Temos direito ao miserabilismo?

Por Vasco Ribeiro, diretor Like a bird on a wire: I saw a beggar leaning on his wooden crutch, he said to me “you must not ask for all that much” but a pretty woman standing in her darkened door, she...
article placeholder

INVEJA E SATISFAÇÃO

Por Vasco Ribeiro, Dr. Andava eu enganadinho a pensar que era uma pessoa bem informada sobre a realidade concelhia Paredense. Mas a verdade é que não. Pura e simplesmente julgava que a nossa realidade...
article placeholder

A TROPA DO POUCOCHINHO

Afinal estava a pólvora por descobrir. E a roda. E o polegar oponível. Enfim, a Humanidade poderá agora progredir porque chegaram os arautos da Nova Era, a gente com proto-importância que nos veio salvar...
article placeholder

Mudança de Ano por Vasco Ribeiro

E chegou a 2016! Com a mudança de ano há sempre algum optimismo no ar derivado da perpetiva que as coisas tendem a melhorar. E não é algo exclusivo de um Dr. Pangloss que viva no melhor dos mundos. É...
article placeholder

A PEQUENEZ PAREDENSE

Paredes é um estranho caso de insucesso, que necessitava de ser estudado a nível sociológico, antropológico e até filosófico. Se somos capazes episodicamente de fazer grandes coisas, a verdade é que...