Lucro. Presidente da Junta de Sobrosa obteve o proveito na qualidade de empresário em negócio com a AMI Paredes – Agência Municipal de Investimento. Visado viu o contrato de seis meses prorrogado por mais um ano.

António Orlando – texto

André Santos, presidente da junta de Freguesia de Sobrosa, embolsou um “incremento” de 16.800 euros dos cofres da Câmara, por a AMI Paredes – Agência Municipal de Investimento de Paredes EM, SA ter, aparentemente, prorrogado um contrato que havia estabelecido inicialmente por seis meses com a empresa de que é proprietário. O contrato está publicitado na base de contratos públicos online, mas quanto ao seu conteúdo a única informação que existe é que não vislumbraram os contratantes necessidade de reduzir a escrito o prolongamento do contrato com base numa cláusula do contrato inicial que por sua vez não é publicitada. Uma pescadinha com o rabo na boca.

De acordo com esta informação recolhida pela redação do jornal O Progresso de Paredes, a AMI Paredes – Agência Municipal de Investimento de Paredes EM, SA, em 12 de julho de 2013 firmou um contrato de 8.400 euros pela “Aquisição de serviços de apoio à captação de projetos de investimento” com a empresa ExpertDialogue Lda, propriedade de André Santos, atual presidente de Junta de Freguesia de Sobrosa.

Mais tarde, a 2 de janeiro de 2014, é (…)

Leia o artigo de opinião completo na edição em papel de 27 de setembro ou na edição eletrónica subscrevendo a assinatura digital no nosso site.