António Orlando – texto

O aparcamento automóvel na rua Daniel Faria “está tomado por carrinhas que permanecem estacionadas dias a fio como se fosse uma garagem”. A denúncia é feita por um grupo de moradores do Bairro do Sonho, que se diz farto de conviver paredes meias com “casas sobre rodas estacionadas à porta das suas habitações”.

Outro dos inconvenientes apontados pelos moradores neste alegado abuso do espaço público, são os estacionamentos em segunda fila e em cima de passeios que colocarão em causa a segurança da circulação automóvel na mesma rua Daniel Faria e adjacentes.

“Nós se paramos o carro um minuto mal-estacionado, somos logo multados. Estas carrinhas, muitas delas, provavelmente não estarão legais, ninguém faz nada”, diz Anália Cunha.

Os moradores fizeram uma lista de 13 matrículas de outras tantas viaturas que, garantem, serão presença permanente nos lugares de estacionamento gratuito da rua Daniel Faria.

O aparcamento automóvel em causa, como é grátis, coisa rara em redor do Edifício da Câmara Municipal e é aproveitado, sobretudo, pela (…)

Leia a notícia completa na edição em papel de 31 de março ou na edição eletrónica subscrevendo a assinatura digital no nosso site.