Publicado por António Orlando

A dupla Elias Barros/Paulo Babo, em Ford Fiesta R5 terminou o segundo dia do Vodafone Rallye de Portugal na 47ª posição a 34:43.5 de O.Tanak (EST) em Ford Fiesta WRC. O piloto de Rebordosa, Paredes, teve um dia difícil após uma ligeira saída de estada na PEC Ponte de Lima 1. O carro ficou preso numa pedra e a dupla Barros/Babo viu-se e desejou-se para desprender o Ford de modo a retomar a classificativa. Acabou por perder 17 minutos com as naturais penalizações.

Como não há mal que sempre dure, em Braga na Braga Street Stage 1 e 2 a dupla Elias Barros/Paulo Babo, foi a melhor entre os concorrentes portugueses ao Campeonato Nacional de Ralis. Aliás entre os portugueses, o piloto de Paredes só perdeu para Miguel Campos…

Os concorrentes da sexta prova do Campeonato do Mundo têm mais 154,56 quilómetros de classificativas a nordeste de Matosinhos, cidade onde está baseado o Vodafone Rally de Portugal. São duas secções com passagens por três classificativas.

O PROGRAMA DO DIA – SÁBADO 20 DE MAIO

A primeira, Vieira do Minho, tem uma extensão de 17,43 quilómetros e realiza-se na serra da Cabreira. Logo a seguir, na mesma zona, os pilotos são desafiados nos 22,3 km de Cabeceiras de Basto, uma “especial” totalmente nova. Para terminar a manhã, o teste mais longo. São os 37,55 km de Amarante. O percurso é igual ao do ano anterior.

Cumprida esta secção, as equipas regressam à Exponor para o parque de assistência. É a única oportunidade ao longo do dia de os técnicos trabalharem nos carros.

À tarde, repete-se a passagem pelas classificativas realizadas durante a amanhã. Ao fim do dia, as atenções concentram-se, de novo, na Exponor, desta vez para uma assistência de 45 minutos.

Horário

09h08 – SS10, Vieira do Minho 1

09h46 – SS11, Cabeceiras de Basto 1

11h04 – SS12, Amarante 1

13h00 – Assistência, EXPONOR

15h08 – SS13, Vieira do Minho 2

15h46 – SS14, Cabeceiras de Basto 2

17h04 – SS15, Amarante 2

18h55 – Assistência, EXPONOR