Por Paulo Silva, Professor

O orçamento para 2017 em Paredes, continua a ser feito com o único intuito de iludir e enganar os Paredenses. Este Orçamento para 2017 continua a ser empolado com receitas fictícias na ordem dos 23 Milhões de euros. Não é sério apresentar um Orçamento de 63 milhões de euros, quando na realidade ele é de 40 milhões de euros.

Em segundo lugar, este orçamento contraria o que tem sido dito pelo executivo nomeadamente nas presidências abertas que têm sido feitas. Se não vejamos: O executivo anda a dizer que o mandato são 4 anos, e como tal, o ano de 2017 será o ano de cumprir as promessas que não foram cumpridas durante 2014, 2015 e 2016. O que é que o comum dos mortais espera ao consultar o Orçamento da Câmara para 2017? Espera que o Orçamento de 2017 seja superior ao de 2014, 2015 e de 2016, pois é este o ano em que se vai fazer os investimentos que não se fizeram nos três anos anteriores. Mas não, surpresa das surpresas, o Orçamento para 2017 é inferior ao de 2016. Ou seja, os Orçamentos deste executivo são uma farsa, e (…)

Leia o resto desta  Opinião na edição em papel de 7 de Outubro ou subscreva a assinatura digital no nosso site.