Autárquicas. O debate com os candidatos à Câmara de Paredes decorrerá, a 19 de setembro, na véspera do arranque oficial da campanha eleitoral e terá transmissão em direto nas diferentes plataformas da Rádio Jornal e jornal Progresso de Paredes. Na edição impressa do jornal PP, do dia 22 de setembro, será publicada uma síntese do debate.

António Orlando- texto

A Rádio Jornal (103.6 FM) e o Jornal Progresso de Paredes, em parceria, vão realizar um debate com os seis candidatos à presidência da Câmara de Paredes.

O debate que terá a duração, aproximada, de duas horas, decorrerá entre as 21h e as 23h, no Paredes Design Hotel, na noite de 19 de setembro. Na plateia apenas terá acesso um elemento do staff de cada candidatura.

Os convites nesse sentido já foram endereçados a todos os candidatos, a saber, Alexandre Almeida (PS), Rui Moutinho (PSD), Álvaro Pinto CDU), José Miguel Garcez (CDS), Paulo Teles (BE) e Raquel Moreira da Silva (MPP).  A confirmação de presença dos candidatos no debate terá de ser feita até às 18 horas desta sexta-feira, dia 8 de setembro.

O debate terá a duração, efetiva, de 110 minutos, com um intervalo de 10 minutos. Os últimos momentos do debate estão reservados para a declaração final, no caso, dois minutos para cada candidato.

Cada candidato poderá apresentar um tema à discussão, com que iniciará a discussão. Os restantes temas a debater são da responsabilidade da organização baseados no pulsar do quotidiano paredense.

A ordem de entrada e saída de debate serão, previamente, sorteadas na presença dos candidatos. A sequência de entrada dos candidatos em cada tema a debater é feita em rotatividade.

A moderação estará a cargo de Mário Barbosa da Rádio Jornal (RJ) e de António Orlando, jornalista do Progresso de Paredes (PP).

As autárquicas são muito importantes. É aí que os munícipes decidem quem deve governar ou administrar o nosso território, aquele em que vivemos e mexe na qualidade de vida do nosso quotidiano. É objetivo do debate promover o confronto de ideias sobre o passado, presente e, sobretudo, futuro do concelho de Paredes.