António Orlando – texto

Ei-los e ei-las, todos, preparados para assumirem responsabilidades nas lides autárquicas do concelho de Paredes. Assim os 73278 eleitores de Paredes o entendam nas eleições autárquicas agendadas para o próximo domingo dia 1 de outubro de 2017.

São 86 candidatos esperançosos que as respetivas Assembleias de Freguesia, em função dos votos do eleitorado os elejam como presidentes de Junta de Freguesia. PS, PSD, CDU e CDS apresentam listas concorrentes às 18 Assembleias de Freguesia do concelho. O Bloco de Esquerda tem candidatos a nove freguesias, no caso, às Assembleias de Astromil, Baltar, Cête, Gandra, Lordelo, Paredes, Rebordosa, Recarei e Vandoma. Já o Movimento Positivo Paredes apenas tem candidatos em 5 freguesias, a saber: às Assembleias de Freguesia de Aguiar de Sousa, Cête, Lordelo, Paredes e Recarei.

O CDS é o partido que apresenta o maior número de mulheres como cabeça de lista. Seis no total. Neste particular, segue-se o PSD com 4 mulheres candidatas a presidentes de junta. O PS tem três. CDU duas candidatas e o BE outras duas.

O MPP que tem uma mulher candidata a Presidente de Câmara não tem nenhum elemento feminino a liderar qualquer lista às Assembleias de Freguesias.

Para a Assembleia Municipal apenas o Bloco de Esquerda teve a “ousadia” de apresentar uma mulher a liderar a respetiva lista candidata.

A eleição para estes dois órgãos, Assembleia de Freguesia e Assembleia Municipal, ao contrário da votação para a Câmara, não elege diretamente o presidente do órgão autárquico. Serão os membros eleitos de cada Partido, Coligação e Movimento que na primeira reunião do mandato irão eleger a mesa do órgão, o Presidente e respetiva equipa (Secretário e Tesoureiro).

Veja as fotos dos candidatos à sua Junta de Freguesia  na edição em papel de 27 de setembro ou na edição eletrónica subscrevendo a assinatura digital no nosso site.