Livros. Natural de Paredes e residente em Lordelo, o Poeta Sílvio Silva é arquiteto de profissão e um dos mais recentes correspondentes do jornal Progresso de Paredes.

António Orlando – texto

A obra “Uma parte da noite”, do Poeta Sílvio Silva, foi a vencedora da III Edição do Prémio Literário de Poesia Manuel Neto dos Santos, criado pela Arandis Editora para homenagear o Poeta algarvio, por ocasião das comemorações do XXV Aniversário de atividade literária. A decisão do jurí foi conhecida no passado dia 3 de setembro.

As edições anteriores foram conquistadas, respetivamente, por João Morgado (da Covilhã) e Filomena Sequeira (de Alcantarilha).

Ao Progresso de Paredes o poeta lordelense não escondeu a satisfação pela conquista do prémio, traduzido na publicação de “Uma parte da noite” ficando ainda com o direito a receber 50 exemplares do livro a editar. “Foi a primeira vez que escrevi poesia. É o reconhecimento do trabalho que já vem sendo feito há bastante tempo. Um incentivo para que o trabalho continue porque diz-nos que estamos no caminho certo”, referiu.

A Arandis Editora é um projeto editorial algarvio, que tem como objetivo a “Promoção dos Valores Literários do Algarve”. Manuel Neto dos Santos, natural de Alcantarilha (Silves) nascido a 21 de janeiro de 1959, é poeta, ator, declamador e tutor de língua portuguesa.

Poeta Silvio Silva

Para os menos atentos, Sílvio Silva já alcançou outros prémios mas domínio da prosa. Foi no Brasil no SFX Literatura do Brasil. O Prêmio SFX de Literatura, de iniciativa do empresário e editor Cristovão Cursino, que é realizado em parceria com as academias de letras de São José dos Campos, Caçapava, Jacareí e Lorena, e o Instituto de Estudos Valeparaibanos. “Se as coisas se proporcionarem perde-se um arquiteto e ganha-se um escritor, mas temos que ter os pés bem assentes na terra para perceber que tem que existir um Arquiteto e tem nas horas vagas que existir um escrito”, acrescenta Sílvio Silva que tem na manga a publicação em 2018 um novo livro de contos.