Varanda de prédio em construção cedeu, resultando na morte de um dos trabalhadores, outro ficou ferido.

Parte da estrutura de um prédio em construção junto ao Parque da Cidade de Paredes cedeu e provocou a queda de dois homens, de uma altura de cerca de 9 metros. Um deles acabou por falecer no dia do acidente, depois de levado para o Hospital de S. João.

A obra a cargo da empresa Safetyreference, com a sub-empreitada de Silva Teixeira, empresa do Marco de Canaveses, começou há cerca de três meses e na construção da parte superior do rés-do-chão quando estavam a betonar, as escoras cederam e dois trabalhadores caíram levando com o betão em cima.

O acidente ocorreu no dia 24 de agosto, por volta das 14 horas, quando se concluía a cobertura do rés-do-chão. Um dos feridos, Arnaldo Almeida, encontrava-se estável e foi levado para o Hospital Padre Américo em Penafiel, o outro trabalhador, Sérgio Barbosa, de 21 anos, apresentava um quadro mais complicado e foi levado para o Hospital de S. João, no Porto, acabando por falecer horas depois.

Luís Correia, responsável da Silva Teixeira, declarou que as normas de segurança estavam a ser cumpridas e os trabalhos prosseguiram sem paragens na construção do edifício.

 

Leia a notícia completa na edição em papel de 11 de setembro ou subscreva a assinatura digital no nosso site.