Foi aprovada uma candidatura de 5 milhões de euros para a realização de obras no HPA que visam a eficiência energética que possibilitará a climatização de toda a unidade do CHTS.

António Orlando – texto

O Hospital Padre Américo (HPA) vai deixar de ter ventoinhas nos dias quentes de verão. Este é o lado mais orelhudo da novidade transmitida, no dia 2 de maio, pelo presidente do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS), Carlos Alberto Silva, referindo-se à aprovação de uma candidatura de 5 milhões de euros para a realização de obras no HPA que visam a eficiência energética.

A candidatura foi submetida ao Portugal 2020 pelo CHTS cujo objetivo é “reduzir as emissões de CO2, poupar na fatura da eletricidade e produzir energia a partir de fontes renováveis”.

O plano prevê, nomeadamente, a instalação de um sistema solar para produção de energia elétrica, através de um sistema solar fotovoltaico para autoconsumo, constituído por 1.800 módulos. Com este sistema estima-se que o Hospital vai produzir cerca de 25% da energia que consome anualmente, ficando a ser um dos maiores parques de produção de energia elétrica, do norte de Portugal, através de painéis fotovoltaicos.

De acordo com Carlos Alberto Silva, a candidatura representa (…)

Leia a noticia completa na edição em papel de 12 de maio ou na edição eletrónica subscrevendo a assinatura digital no nosso site.