A GNR apreendeu 561 artigos contrafeitos, avaliados em 27 mil euros em lojas de Paredes.

No decorrer de uma ação de combate à contrafação, os militares fiscalizaram três estabelecimentos comerciais que tinham exposto para venda artigos contrafeitos de várias marcas conhecidas, designadamente, casacos, sapatilhas e carteiras.

Foram identificados três mulheres e um homem com idades entre os 38 e os 50 anos, tendo sido constituídos arguidos por crime de contrafação.

Os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Paredes.

A ação de fiscalização foi levada a cabo por militares dos postos de Paredes e Penafiel.