Pedro Mendes terá apelidado de “patetas” o público presente na Sala. O acusado nega. Mendes diz que apenas falou em situações patetas. Os ânimos em Gandra ainda permanecem quentes a que não é alheia a polémica contagem e publicação de resultados nas últimas eleições autárquicas.

António Orlando – texto

A última Assembleia de Freguesia de Gandra, realizada no passado dia 21 de abril, terminou crispada com o Vice-Presidente da Câmara e Presidente do PSD, Pedro Mendes a ser acusado pelo PS de ter chamado “pateta” a elementos do público que estavam a assistir à reunião. O visado diz que não, que apenas falou “em situações patetas”.

Na base da troca de palavras, mais agrestes, esteve a intervenção inicial do presidente da Assembleia de Freguesia, Manuel Teixeira, ao insurgir-se contra o PS, por a representante socialista naquela Assembleia ter colocado a Ordem do Dia da Reunião na página de Facebook usada pelos socialistas para ações politicas. Teixeira entende que é desprestigiante. “Aquilo que disse é que a cabeça de lista do PS à junta de Gandra deveria demitir-se pelas atitudes que tem tomado. Por aquilo que publicou no facebook, por aquilo que mentiu na Assembleia de Dezembro e o senhor Alexandre Almeida não gostou”, conta Manuel Teixeira.

O PS tanto não gostou que, de facto, puxou do assunto (…)

Leia a notícia completa na edição em papel de 29 de abril ou subscreva a assinatura digital no nosso site.