António Orlando – Texto

O cadáver de um homem foi, esta tarde cerca das 14.30 horas, encontrado a boiar no rio Sousa, junto à antiga ETAR de Paredes. O alerta foi dado por duas jovens que passavam a pé na ponte das Coutinhas. O corpo, em avançado estado de decomposição, aparenta ser de um individuo com cerca de 60 anos. Na roupa da vítima não foi encontrado qualquer documento de identificação pessoal.

Fonte policial admite que o individuo possa ser uma das pessoas que os serviços tinham referenciado como desparecida recentemente no concelho. A autópsia poderá determinar as causas da morte e ajudar a identificar o corpo.

O cadáver foi retirado da água pelos bombeiros de Paredes e levado para a delegação do Instituto de Medicina Legal, em Penafiel.

O alerta causou um grande alarme social na cidade de Paredes.

 

(Mais pormenores na próxima edição do jornal Progresso de Paredes)