Câmara “aconselhada” a não aceitar transferência de competências na educação

António Orlando – texto

O Conselho Municipal de Educação de Paredes em reunião extraordinária realizada no dia 11 de março, aprovou por unanimidade um parecer que sugere a recusa da transferência de competências do sector da educação, em 2019, para os órgãos municipais e para as entidades intermunicipais. Uma das principais justificações que sustentaram a recusa de transferência de competências é a de que (…)

Leia a notícia completa na edição em papel de 15 de março ou na edição eletrónica subscrevendo a assinatura digital no neste site.