SOBRE FUTEBOL

Por Juvenal Brandão, Treinador de Futebol UEFA Pro (Grau IV), Licenciado em Gestão de Desporto

O Bayern de Munique foi o campeão da Europa de clubes, ao vencer na final da Liga dos Campeões o PSG por 1-0, com golo do francês Conan. O Sevilha venceu a segunda maior competição europeia de clubes, a Liga Europa, pela sexta vez (6ª final, 6ª vitória), derrotando na final os italianos do Inter, por 3-2.

Enquanto isso, dia 31 de Agosto, inicia-se mais um período de jogos de selecção. Portugal vai defrontar Croácia (5/9) e Suécia (8/9), para a Liga das Nações. Estes são os primeiros jogos da nossa selecção desde o mês de novembro de 2019. Fernando Santos convocou 25 jogadores, destacando-se as estreias de Rui Silva (guarda-redes, Granada) e Trincão (que se transferiu do Braga para o Barcelona). Também regressam Sérgio Oliveira (médio, FC Porto), Domingo Duarte (defesa central, Granada) e Anthony Lopes (Lyon). Rui Patrício, Nelson Semedo, João Cancelo, Pepe, José Fonte, Ruben Dias, Raphael Guerreiro, Mário Rui, Danilo, Ruben Neves, João Moutinho, Renato Sanches, André Gomes, Bruno Fernandes, Bernardo Silva, Diogo Jota, Gonçalo Guedes, João Félix, André Silva e Cristiano Ronaldo completam a lista.

As equipas da 1ª Liga portuguesa já regressaram todas aos treinos (o Benfica foi o primeiro a regressar (8/8), o FC Porto o último (24/8)), tendo em vista a época 2020/2021, que tem a 1ª jornada no fim-de-semana de 20 de setembro. Neste momento ainda há interrogações quanto à participação do Vitória FC (Setúbal) que foi relegado administrativamente ao 3º escalão e aguarda decisão do recurso apresentado. O Portimonense foi convidado para preencher a vaga. Quem também vai do 1º para o 3º escalão é o CD Aves, mas os avenses nem recorrem. Podem é nem ter condições para participar no Campeonato de Portugal organizado pelo FPF dadas as dificuldades financeiras que a SAD atravessa. Na 2ª Liga foram convidados a participar o Cova da Piedade e Casa Pia, que tinham descido desportivamente, e ainda há processos em tribunal dos clubes do CdP, como Olhanense, que não se conformam com a decisão da Federação de promover Vizela e Arouca. Os sorteios são esta sexta-feira (28/8) e ainda são muitas as dúvidas. Certeza só mesmo o fim do mercado de transferências que será a 5 de outubro.

Daí para baixo as dúvidas começam a ser dissipadas. A DGS aclarou, esta terça-feira  25/8, as regras específicas para a prática desportiva no futebol não profissional, sénior e de formação. Os clubes já estavam todos a treinar sem saber bem como as coisas iam funcionar. Com esta orientação (36/2020 da GDS) ficou a saber-se que o desporto pode retomar, com duas das maiores preocupações dos clubes ficaram esclarecidas: sem testes à covid-19 obrigatórios, mas para já sem adeptos. O início do CdP e da Elite da AF Porto está agendado para 20 de setembro mas falta saber se os organismos vão manter ou adiar as datas.

Percebe-se que a situação é demasiado complexa. DGS, Governo e Federações tardam em chegar a um entendimento quanto às regras específicas, mas parece que mais do que duas semanas para um consenso é demasiado. Ter os clubes a treinar sem regras definidas é mais absurdo e prejudicial a todos. As entidades devem assumir de uma vez a posição. Parece inviável não haver desporto, parece impossível não haver adeptos, mas não parece razoável rolar tudo como se nada fosse. Afinal de contas ainda estamos no meio de uma pandemia que pode fazer muitos mais estragos (até 24/8 eram 55.912 os infectados e 1.805 os óbitos). Muita expectativa para receber as decisões.