Desde o dia 1 de julho que o Instituto de Emprego e Formação Profissional tem vindo a notificar os desempregados e empresas do concelho sobre a alteração do serviço de emprego nesta região. Com a integração de Paredes na Área Metropolitana do Porto os processos dos desempregados do concelho passam agora a ser analisados pelo centro de emprego de Valongo.

Oficialmente desde 12 de setembro de 2013 que o município de Paredes deixou de estar integrado na Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa. Com a passagem do concelho para a Área Metropolitana do Porto os desempregados deixaram de ter como referência o centro de emprego de Penafiel, passando agora os seus processos a serem analisados no centro de emprego de Valongo.

Esta alteração resulta da aplicação da lei 75/2013 que aprovou o estatuto das entidades intermunicipais, nas quais estão incluídas as áreas metropolitanas e comunidades intermunicipais, e apresenta um novo mapa administrativo de base sub-regional. Neste novo mapa o concelho de Paredes passa a estar integrado na Área Metropolitana do Porto.

Com esta mudança os 7874 desempregados do concelho de Paredes (dados do Instituto do Emprego e Formação Profissional, relativos a maio deste ano) deixam de ter como referência o Centro de Emprego de Penafiel, que abrange o território do Tâmega.

Ainda assim, e apesar dos processos dos desempregados do concelho de Paredes passarem a ser analisados pelo Centro de Emprego de Valongo o IEFP garante que os utentes podem dirigir-se a Penafiel para resolver algum assunto relacionado com o processo. “Os assuntos podem continuar a ser tratados nos mesmos locais, embora os processos dos programas das medidas ativas de emprego, dos utentes do concelho de Paredes, passem a ser analisados pelos técnicos do Centro de Emprego de Valongo”, garante a nota informativa desta entidade.

Com esta mudança o Centro de Emprego de Valongo passa a abranger uma área total de 213 quilómetros quadrados, acolhendo cerca de 10 mil empresas. Segundo os últimos dados publicados pelo IEFP em abril deste ano estavam inscritos no centro de emprego de Valongo 9043 desempregados. Segundo o mesmo documento do IEFP, que publica as estatísticas mensais dos centros de emprego das diferentes regiões do país, estavam inscritos no centro de emprego de Penafiel 25 276 desempregados.