O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação Criminal de Penafiel, ontem, dia 11 de fevereiro, deteve oito homens com idades entre os 20 e os 50 anos, pelo crime de tráfico de estupefacientes, no Porto.

Na sequência de uma investigação ao combate ao tráfico de estupefacientes, que teve a duração de cerca de um ano e meio, a GNR desencadeou uma investigação a um suspeito que fornecia produto estupefaciente a vários consumidores nas localidades de Penafiel, Lousada, Paredes, Vila Meã e Alpendorada.

Durante a investigação apuraram que aquele suspeito pertencia a uma rede de tráfico de estupefacientes, chegando à identificação e detenção de oito homens, que não exercem qualquer atividade profissional, fazendo modo de vida com este tipo de crime.

A droga era vendida junto de vários estabelecimentos de ensino e de alguns apeadeiros de estações ferroviárias, que causavam elevado alarme social devido à grande concentração de toxicodependentes naqueles locais, que procediam à compra do referido produto.

Durante a ação foram realizadas 11 buscas domiciliárias e 11 buscas em veículos, as quais resultaram na apreensão de:

·         4 184 doses de haxixe;

·         443 doses de cocaína;

·         332 doses de liamba;

·         15 telemóveis;

·         Oito veículos;

·         Cinco computadores portáteis;

·         Três facas de corte;

·         Três PlayStation;

·         19 mil euros em numerário.

Os detidos, três dos quais com antecedentes criminais pela prática deste tipo de crime, serão presentes hoje, dia 12 de fevereiro, a 1º interrogatório judicial, ao Tribunal de Judicial de Marco de Canaveses, para aplicação das medidas de coação.