O Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas de Penafiel deteve, ontem, dia 30 de janeiro, um homem com 43 anos por posse de arma proibida, no concelho de Paredes.

Segundo a GNR, o suspeito que estava a ser investigado há cerca de dois meses exercia violência psicológica sobre a sua ex-companheira, de 40 anos, dirigindo-lhe injúrias e ameaças de morte com recurso a arma de fogo, apreendida na sequência de uma busca domiciliária.

O detido, que aguarda julgamento pelo crime de violência doméstica foi presente ao Tribunal Judicial de Paredes, ontem, dia 30 de janeiro, onde ficou sujeito a termo de identidade e residência.