Feira da Saúde Jovem regressou repleta de iniciativas

Depois do sucesso da primeira edição do ano passado, a Feira da Saúde regressou no passado dia 23, ao Pavilhão Multiusos de Paredes. 

Ao longo de três dias, a Feira da Saúde Jovem contou com 27 expositores, workshops, rastreios e outras atividades destinadas a promover a saúde da comunidade escolar e da população em geral e alertar para comportamentos e estilos de vida mais saudáveis e estimular a prática de atividade física e de lazer.

Os visitantes puderam realizar diversos rastreios laboratoriais e gratuitos, desde visuais e auditivos, em saúde mental e bem-estar e de doenças sexualmente transmissíveis, jogos interativos e inclusivos na área da psicologia, dinâmicas de grupo e sinalização de problemas psicológicos e emocionais.

O Doutor Rui Macedo foi responsável por um dos workshops sobre o uso de substâncias prejudiciais à saúde entre os mais jovens. Em declarações ao nosso jornal afirmou “a adesão foi boa, tivemos uma sala com noventa adolescentes, com idades compreendidas entre os 12 e os 18. Tinham bastantes perguntas e foram muito interativos”. Destacou que também “é uma temática que deve ser discutida e falada”.

O Vereador da Saúde e Juventude, Paulo Silva, esteve presente na abertura falou posteriormente do “sucesso” deste projeto e com uma vasta adesão. Destacou “a quantidade de participantes nos workshops” e que foram “muito apelativos”.

Afirmou também que o rescaldo “é positivo” graças à “participação em força dos jovens” e que numa próxima edição irão “repensar o dia de sábado”.