José Carlos Barbosa, o homem dos comboios que chegou ao parlamento

José Carlos Ribeiro Barbosa nasceu a 16 de dezembro de 1983 e é natural da freguesia de Beire, Paredes. Tem uma Licenciatura em Engenharia Electrotécnica e de Computadores e realizou o Programa de Direção de Empresas – AESE Business School.

O gosto pelos comboios e pelo associativismo está no sangue e prova disso são todos os cargos que ele ocupa como Presidente da Junta de Freguesia de Beire, Presidente do PS Paredes, Sócio número 1 do Real Clube de Beire e Vice-Presidente dos Bombeiros Voluntários de Paredes. De recordar que o atual deputado esteve 17 anos e 10 meses ao serviço da CP – Comboios de Portugal.

José Carlos Barbosa que nas Legislativas de 2022 ocupou o 19º lugar na Lista de candidatos pelo círculo eleitoral do Porto do Partido Socialista, nas últimas eleições era o 11º na Lista do PS Porto. É o único deputado paredense no parlamento.

Na anterior legislatura pertenceu à Comissão Parlamentar de Economia, Obras Públicas, Planeamento e Habitação e à Comissão de Ambiente e Energia [Suplente].

O nosso jornal esteve a acompanhar a campanha eleitoral do deputado e agora no seu regresso ao parlamento, José Carlos Barbosa conta-nos a sua história de vida.

Começa por explicar que “o único sonho que tive foi ser ferroviário e construir uma carreira na ferrovia. Comecei a trabalhar muito jovem. Na altura não tinha capacidade financeira para me dedicar apenas aos estudos. Aos 15 anos tive de decidir: ir trabalhar no final do 9.º ano (como a quase totalidade dos meus amigos), ou trabalhar e estudar. Enveredei pela segunda opção. Comecei a servente na construção civil, onde trabalhava aos fins de semana para ter dinheiro para a semana. Como, mesmo assim, as finanças apertavam, encontrei emprego a servir num bar e aí trabalhava sextas e sábados durante a noite e aos domingos de tarde. Esta conjugação permitia-me ganhar quase salário mínimo e, assim, durante a semana estudava. Era duro mas valeu a pena”. Confessa que “nunca pensei em ser deputado. Em 2019 a concelhia escolheu-me para representar Paredes na lista de deputados e fiquei a um lugar de ser eleito. Em 2022 estava em 19.º na lista. Tivemos maioria e eu entrei como efetivo. Nas eleições da semana passada estava em 11.º lugar na lista e, como o PS Porto elegeu 13 deputados, voltei a entrar”. José Carlos Barbosa congratula-se “que houve um reconhecimento por parte da estrutura distrital do meu trabalho e, por isso, subi do 19.º para o 11.º lugar”.

Um dos dias mais importantes da vida de José Carlos Barbosa foi quando se foi inscrever na escola de comboios sozinho. Quando questionado sobre o que diria àquele menino naquele dia aconselha “a fazer as escolhas certas. Para tentar estudar em áreas de forte empregabilidade, com salários acima da média. Às vezes digo aos miúdos do clube: escola difícil, vida fácil; escola fácil, vida difícil”.

Leia a reportagem completa na edição do jornal “O Progresso de Paredes”, do dia 22 de março de 2024, edição nº3581.