Mais de 500 atletas na 1.ª grande corrida dos Reis

Foram cerca de 500 os atletas que, no passado dia 4 de janeiro, participaram na 1.ª grande corrida dos Reis da cidade de Paredes. A prova teve início no parque José Guilherme e a organização garante que excedeu as expectativas, tendo reunido 500 atletas entre corredores e caminhantes.

A Associação Juvenil de Paredes realizou a 1.ª grande corrida dos Reis da cidade de Paredes que decorreu no passado sábado, dia 4 de janeiro, no centro da cidade. A prova dividia-se em duas atividades distintas, a caminhada de 5 quilómetros e a corrida com uma extensão de 10 quilómetros, e reuniu um total de 500 atletas entre corredores e caminhantes.

A iniciativa desta associação juvenil contou com a presença da atleta olímpica Jéssica Augusto, que ao longo da sua carreira conquistou inúmeras medalhas nas grandes competições internacionais, com destaque para o título de campeã da Europa em 2010 e esteve por duas vezes presente nos Jogos Olímpicos. De entre os mais de 500 atletas em competição estavam presentes jovens desportistas do concelho de Paredes, mas também de vários pontos do distrito do Porto e de vários clubes.

A presença de Jéssica Augusto serviu para impulsionar a iniciativa, tendo sido a madrinha desta 1.ª grande corrida dos Reis da cidade de Paredes. Pouco depois das 19 horas foi a atleta olímpica portuguesa a dar o início à corrida, que contou com um percurso de 10 quilómetros, “desafiante para todos os atletas, que reconheceram, em cada chegada, um obstáculo ultrapassado”, garante a organização.

A prova decorreu sem qualquer incidente e “obteve um retorno muito positivo dos participantes”. No final foi Jéssica Augusto a entregar as medalhas aos primeiros três classificados da prova nos dois géneros e os prémios aos vencedores.

Os grandes vencedores foram Hugo Santos e Andreia Santos, que terminaram em primeiro lugar a prova nos respetivos géneros. Na geral masculina destacaram-se ainda Carlos Rodrigues e Joaquim Antunes, que conquistaram o 2.ª e o 3.º lugares e na geral feminina destaque ainda para Luísa Oliveira e Rosa Madureira, as duas atletas que obtiveram o segundo e terceiro lugares no seu género.

No balanço desta atividade a organização mostra-se satisfeita com a adesão do público e diz que o evento “excedeu todas as expectativas”. “A 1.ª grande corrida dos reis excedeu todas as expectativas reunindo mais de 500 atletas, conseguindo atrair atletas de todas as zonas do distrito, vários clubes e grupos de corrida”, garante Samuel Ribeiro, presidente da direção da Parjovem, que realça o trabalho de todos os que estiveram ligados, direta ou indiretamente, à organização da prova. “Isto só foi possível pelo esforço e empenho dos organizadores e voluntários, bem como dos colaboradores privados”, garante Samuel Ribeiro.

Para a organização esta foi mais uma iniciativa de relevo para a associação, para a cidade e para o concelho de Paredes. A Parjovem, que existe há pouco mais de 3 anos, é uma associação juvenil sem fins lucrativos. Com a ajuda de colaboradores privados conseguiu que a iniciativa se concretizasse e obtivesse junto da população e dos jovens atletas “um retorno muito positivo”.

“A Parjovem é uma associação sem qualquer fim lucrativo e sem rendimentos e que superou a dificuldade de organizar uma prova com a dimensão que se acabou por se verificar”, sublinha o presidente da direção, realçando o objetivo de, no futuro, realizarem novos eventos na cidade de Paredes.

A Parjovem é uma associação juvenil criada em setembro de 2010 que pretende atuar sobre as necessidades formativas e lúdicas, desempenhando um papel interventivo e sociocultural na sociedade em geral, e em particular no concelho de Paredes.