Por Joaquim Neves, Eng.

Depois de na edição anterior ter anunciado a minha candidatura à Comissão Política do PSD\Paredes, penso que chegou o momento de apresentar algumas propostas que serão as ideias-base para o futuro de Paredes.

A minha candidatura propõe a todos os militantes do PSD um Novo Rumo para Paredes e para o próprio PSD. Queremos um PSD com dinamização e mobilização capaz de :

– Valorizar os militantes, procurando aproveitar aquilo que de melhor podem oferecer à nossa terra.                                                      

– Ouvir os Paredenses, para assim termos uma maior consciência das suas necessidades reais.

– Formar uma equipa dinâmica, com competência, sólida e com experiência, para poder criar um programa virado para os Paredenses, que permita ao PSD vencer as eleições de 2017.

Quando ganhar, eu e a minha comissão politica começaremos de imediato a preparar esse programa que irá incidir essencialmente em três vectores essenciais:

Acção social. No próximo mandato, o PSD tem obrigatoriamente que estar mais próximo das pessoas, sendo mais solidário, e alargando a ajuda às pessoas mais necessitadas.

Consolidação financeira. Sendo realista e sabendo como se encontram neste momento as contas da Câmara Municipal, temos que programar um plano de recuperação financeira ao longo do próximo mandato, para não condicionarmos os futuros investimentos nas freguesias. Basicamente, temos que ser capazes de sinalizar o que não é essencial para podermos canalizar esses meios para os investimentos realmente prioritários para, naturalmente, melhorarmos a qualidades de vida dos Paredenses.

Captação de investimentos e criação de emprego. A primeira proposta e prioritária para o PSD, será certamente a diminuição do IMI, pois só assim é que poderemos ser competitivos na atracção do investimento, um pouco à imagem, do que já é feito pelos concelhos vizinhos.

Temos que ser capazes de criar incentivos para que as nossas empresas, nomeadamente as que já cá estão, se possam identificar com a terra, que cresçam e que criem mais postos de trabalho. Temos que olhar primeiro pelos nossos, os que já cá estão, pois são um dos grandes valores da nossa terra.

Depois sim, captar novas empresas, demonstrando que com as novas condições que criaremos, aliadas à nossa localização geográfica, Paredes é o melhor concelho do país para se investir.

São estas as ideias-base, sobre as quais pretendemos trabalhar, para trazer para Paredes o lugar de destaque que a nossa terra merece.

Mas para que tudo isto seja possível, este Novo Rumo precisa de ti!