António Orlando – Texto

O Compasso Pascal é uma tradição cristã portuguesa que consiste na visita casa a casa de uma paróquia (daqueles que a queiram receber) do Crucifixo de Cristo no dia de Páscoa ou nas semanas seguintes para celebrar a sua Ressurreição.

Em Paredes, concelho que conserva um forte cariz religioso, a tradição continua a ser o que era. Os habitantes da casa visitada pelo Compasso Pascal beijaram a cruz de Cristo como demonstração da fé religiosa.

A esta tradição associaram-se diferentes formas de receber essa visita. Ela é vista como uma forma de confraternização dos membros da comunidade paroquial com a oferta de alimentos da quadra ou apenas uns minutos de repouso para o grupo itinerante (Compasso). É também aproveitada para oferta de donativos pecuniários à paróquia (o folar ao padre ou como pagamento dos direitos paroquiais).

Progresso de Paredes (PP) – A tradição do compasso em vários pontos do país, tem esbarrado com a evolução da sociedade que, pouco a pouco, tem abandonado este costume. Em Paredes tem notado isso?

Padre Vitorino Soares (PVS) –  O compasso não é nenhuma obrigação da Igreja.  Não (…)

 

Leia a notícia completa na edição em papel de 01 de abril ou subscreva a assinatura digital no nosso site.