Saldo positivo na primeira Feira Franca em Baltar

Iniciativa. Organização, expositores e clientes fazem balanço positivo da primeira Feira Franca de Baltar. Vila sentiu dinamização cultural, social e comercial da reativação desta secular feira.

Susana Sousa – texto

Por entre o cheiro do pão com chouriço, das sandes porco no espeto, das fogaças de Santa Maria da Feira, da ginja de Óbidos, o Largo Comendador Pereira Inácio ganhou vida, cor e sabor durante o fim de semana de 23 e 24 de março com a primeira feira franca de Baltar.

Com os olhos focados no artesanato e o olfato bem apurado no fumeiro local com o palato dos doces da região, e da cerveja artesanal de Baião, a escolha era diversificada e ao gosto dos clientes. Numa das barracas, rodeada de suculentas (…)

Leia a reportagem completa na edição em papel de 29 de março ou na edição eletrónica subscrevendo a assinatura digital no nosso site