GANDRA: Roubam carrinha de distribuição de pão com criança lá dentro

O assalto aconteceu esta quarta-feira, em Gandra, cerca das 16 horas. Uma carrinha de distribuição de pão que se encontrava parada junto à avenida Padre Luís Carneiro, em Gandra, foi roubada com uma criança lá dentro. A menina de três anos viria a ser abandonada a cerca de três quilómetros do local e entregue depois à mãe. A carrinha ainda não foi encontrada.

A padeira que tinha acabado de parar para deixar uma saca de pão na casa de um cliente só viu um homem de cara destapada a arrancar na carrinha Citroen Berlingo, com a sua filha de três anos sentada no banco traseiro.

A criança acabou por ser abandonada poucos minutos depois na EN 15, a cerca de três quilómetros do local do roubo, junto a um restaurante. Um casal que ali se encontrava ajudou a criança até a mãe chegar.

Depois de ver o ladrão arrancar e perceber que não conseguia apanhar a carrinha em andamento, a mulher terá pedido o telemóvel emprestado a duas jovens que passavam na rua para ligar ao marido. Desesperada, pediu ajuda numa loja de telemóveis ali ao lado. “Pediu-me para ligar à GNR. Estava em pânico e só dizia que lhe tinham roubado a carrinha e a filha”, conta Miguel Peixoto, proprietário do estabelecimento.

Logo depois a mulher e um amigo do proprietário da loja de telemóveis seguiram na direção da carrinha na tentativa de encontrar a menina. Cerca de três quilómetros à frente, já na EN 15, a mãe acabou por encontrar a criança junto de um restaurante.

 

Local onde a menina foi abandonada, junto à EN 15, a cerca de três quilómetros do local onde a carrinha foi roubada
Local onde a menina foi abandonada, junto à EN 15, a cerca de três quilómetros do local onde a carrinha foi roubada

 

Criança foi abandonada a três quilómetros do local

A menina de três anos seguia com a mãe na carrinha de distribuição de pão. A criança estaria a dormir quando a mãe parou à porta de um cliente, deixou o motor a trabalhar, e saiu por minutos para pendurar a saca de pão. Foi o tempo suficiente para que um homem roubasse a carrinha com a criança lá dentro.

O proprietário da loja de telemóveis, que deu o alerta à GNR, garantiu ainda que ali muitos clientes têm por hábito deixar os carros estacionados junto à estrada com as chaves na ignição. Rotina que a esta mulher de Marecos, Penafiel, valeu num grande susto e que certamente não voltará a repetir tão cedo.

A GNR de Lordelo esteve ainda no local para registar a ocorrência e o caso foi já entregue ao Ministério Público. A carrinha ainda não foi encontrada e ao que conseguimos apurar não tinha seguro contra todos os riscos.

 

Roubo semelhante no mesmo local

Os moradores não estranham este tipo de roubos. Há cerca de três aconteceu, no mesmo local, um caso semelhante. Um homem parou uma carrinha Peugeot junto ao passeio e saiu para falar com o mesmo vizinho, industrial de móveis, e quando voltou só conseguiu ver a carrinha a arrancar.

A viatura não chegou a aparecer, pelo menos até agora.