Última oportunidade para validar faturas do IRS


Publicado por António Orlando


Não se esqueça de verificar as suas faturas no Portal das Finanças. O prazo termina hoje, quinta-feira. E pode fazer diferença nas deduções a que o contribuinte tem direito.

Se ainda não validou as suas faturas no Portal das Finanças, tem hoje a última oportunidade. O prazo para registar despesas e complementar informação em falta termina esta quinta-feira, 15 de fevereiro. Este é um passo essencial para garantir todas as deduções a que tem direito no IRS.

Na sua página pessoal do e-fatura pode encontrar as faturas que pediu com número de contribuinte ao longo do ano passado. Mas em algumas pode ter de complementar informação para que venham a ser consideradas. É o que acontece, por exemplo, quando o emitente da fatura está enquadrado em mais do que um setor — neste caso, o contribuinte deve selecionar a atividade correspondente à aquisição. Trabalhadores independentes também têm de indicar se as despesas foram feitas a título profissional ou não (só neste último caso contam para dedução ao IRS).

Já no caso específico das despesas de saúde, será necessário associar uma receita médica quando estejam em causa gastos à taxa normal de IVA (23%).

O contribuinte também pode registar faturas que tenha consigo se não as encontrar na sua página pessoal, tendo de guardar os documentos por quatro anos contados a partir do final do ano em que ocorreu a compra.

Tenha em conta que há despesas que ainda não surgem no e-fatura e que só ficarão disponíveis mais tarde: é o caso de rendas, taxas moderadoras ou propinas do ensino público. E não se esqueça também de validar as faturas dos seus dependentes.

O prazo de entrega da declaração do ISD ocorre entre 1 de abril e 31 de maio.