SOBRE FUTEBOL

Por Juvenal Brandão, Treinador de Futebol UEFA Pro (Grau IV), Licenciado em Gestão de Desporto

Enquanto a 1ª Liga de futebol em Portugal caminha rapidamente para o seu final, as equipas da 2ª Liga (e até uma do CdP – o Braga B) já voltaram ao trabalho, mesmo sem saberem se os campeonatos regressam e quando regressam.

As reuniões entre a Liga, FPF, DGS e clubes têm-se sucedido para tratar da próxima época futebolística. Os clubes da 2ª Liga, parados desde Março, queriam o regresso da competição a meio de Agosto e para isso iniciavam os treinos no início de Julho. A Liga e alguns clubes preferiam que as duas competições profissionais regressassem ao mesmo tempo, entre meados e o final de Setembro. Isto porque, a 1ª Liga termina a 26 de julho, a final da Taça de Portugal é a 1 de Agosto, e depois ainda haverá um período de férias, mais curto do que o normal. Provavelmente de duas semanas. Curtíssimo.

O que é certo é que os clubes da 2ª Liga estão a fazer tudo e acreditam que a competição começa a meio de agosto, com a Taça da Liga, por isso a maior parte já começou os trabalhos entre a semana passada e esta.

No entanto, a DGS já fez saber que os clubes têm de cumprir, impreterivelmente, todas as normas sanitárias, incluindo a proibição de ajuntamentos superiores a 20 pessoas. E os jogos-treinos ainda não estão autorizados. A situação pandémica é avaliada dia a dia e têm nas últimas semanas aumentado os casos de infecção por covid-19, após o desconfinamento. O que leva a que tudo continue num mar de incertezas. E estamos a falar das duas competições profissionais, aquelas onde se conseguirá controlar melhor os riscos de contágio. Nesta altura nem sequer se fala de adeptos nos estádios por exemplo (a final da Taça de Portugal e a final a 8 da Champions League, que vai ser no nosso país em Agosto, serão realizadas sem adeptos nos estádios).

Nas competições não-profissionais as dúvidas e as preocupações ainda são maiores. Os altos dirigentes das federações e associações querem acreditar que as competições podem começar nas duas últimas semanas de Setembro, mas há quem não acredite nessa possibilidade, considerando-a demasiado optimista. Vozes mais pessimistas acham que não haverá campeonatos amadores nem de futebol jovem. As próximas semanas podem ajudar a clarificar o assunto.

Enquanto isso, a FPF ficou de publicar, segunda-feira dia 20 de Julho, a lista dos 96 clubes admitidos no Campeonato de Portugal 2020/2021, distribuídos nas 8 séries de 12.

JOGADORES EM DESTAQUE

Partilho, agora, em jeito de balanço, alguns jogadores que me agradaram esta época 2019/2020, da 1ª Liga portuguesa:

Guarda-redes

PASINATO (Moreirense)

HELTON LEITE (Boavista)

KOFFI (Belenenses)

CLÁUDIO RAMOS (Tondela)

Defesas

NEHUÉN PÉREZ (Famalicão)

IAGO (Moreirense)

ABDU (Moreirense)

OLEG REABCIUK (Paços de Ferreira)

ZAIDU SANUSI (Santa Clara)

Médios

GUSTAVO ASSUNÇÃO (Famalicão)

PEDRO GONÇALVES (Famalicão)

PÊPÊ (Vitória SC)

ANDRÉ ALMEIDA (Vitória SC)

FILIPE SOARES (Moreirense)

KRAEV (Gil Vicente)

CARLINHOS (Vitória FC)

Extremos

RICARDO HORTA (SC Braga)

TRINCÃO (SP. Braga)

FÁBIO MARTINS (Famalicão)

DIOGO GONÇALVES (Famalicão)

NUNO SANTOS (Rio Ave)

CARLOS MANÉ (Rio Ave)

GABRIELZINHO (Moreirense)

MOHAMMADI (CD Aves)

WELINTON JÚNIOR (CD Aves)

Avançados

PAULINHO (SC Braga)

TONI MARTÍNEZ (Famalicão)

GELSON DALA (Rio Ave)

TAREMI (Rio Ave)

RODRIGO PINHO (Marítimo)

DENILSON JÚNIOR (Paços de Ferreira)

RICHARD RODRIGUES (Tondela)