WoodOne inaugurou fábrica com a presença de Paulo Portas

WoodOne foi inaugurada em Lordelo pelo vice-primeiro-ministro Paulo Portas. A empresa líder de mercado em produção de mobiliário escolar mudou-se para a Zona Industrial de Lordelo, para uma nova unidade com 11 mil metros quadrados, que representa um investimento de 5 milhões de euros.

A WoodOne emprega quase meia centena de pessoas, em 2014 teve um crescimento de quase 10% face ao ano anterior, em faturação e é uma empresa que se dedica sobretudo à exportação, com cerca de 60% do que produz a ser vendido ao exterior.

Paredes tem missão de atrair investimento para o concelho

O vice-presidente da Câmara Municipal de Paredes, Pedro Mendes, destacou o orgulho que sente em inaugurar uma fábrica com tamanha importância para o concelho. Elogiando a coragem e a visão do empresário Manuel Luís Martins. “Parabenizo-o pelo empreendedorismo e pelo génio empresarial, porque é com estas iniciativas que Portugal sai da crise, o sucesso económico deve-se aos empresários que não atiram a toalha ao chão”.

P1060533

O autarca recordou ainda que a economia portuguesa teve um crescimento de 1,4% no primeiro trimestre de 2015, o segundo maior crescimento dentro da União Europeia.

Pedro Mendes salientou o papel da AMIParedes na captação de investimento para o município, investimento estrangeiro e nacional, nas mais diversas áreas (vestuário, equipamento médico e cirúrgico, calçado, mobiliário, entre outros), que em quatro empresas trouxe para Paredes mais de 4,5 milhões de euros, com a criação de mais de 400 postos de trabalho em 2014.

Para o vereador e vice-presidente, a câmara de Paredes é “pioneira na atração de investimento empresarial e na administração, criámos uma via verde para a modernização, que não é portajada nem virtual”. Referindo como exemplos dinâmicas culturais, turísticas, desportivas e não esquecendo o Art on Chairs. Contudo, o setor do mobiliário é o de maior peso na economia de Paredes, empregando 50% da população ativa, gerando 400 milhões de euros em produção que se destinam exclusivamente à exportação.

 

Leia a notícia completa na edição em papel de 22 de maio ou subscreva a assinatura digital no nosso site.