Redação


O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê vento forte e descida de temperatura no continente a partir de quinta-feira, devido a “vasta região anticiclónica” que vai originar uma massa de ar muito frio.

“Uma vasta região anticiclónica, relativamente intensa”, que ao meio-dia quinta-feira estará localizada a norte dos Açores e “em crista até à Islândia, vai desencadear “o transporte de uma massa de ar muito frio e seco sobre o território do continente”, adianta o IPMA.

Acresce “uma intensificação do vento, em especial no litoral oeste e nas terras altas”, prevendo-se, por isso, a partir da manhã de quinta-feira “vento forte no litoral oeste e nas terras altas com rajadas até 80 quilómetros/hora”.

“Adicionalmente, verificar-se-á uma descida dos valores da temperatura máxima em todo o território”, entre três e seis graus Centígrados, adianta o IPMA, salientando que “as baixas temperaturas associadas ao vento forte aumentarão o desconforto térmico”, especialmente entre a tarde de quinta-feira e a manhã do dia seguinte.

O IPMA acrescenta que até domingo vai continuar a sentir-se o vento forte e com rajadas no litoral oeste e nas terras altas, com exceção de sábado, “em que se prevê um enfraquecimento temporário do vento”.

Neste dia, a “aproximação e passagem de um sistema frontal de fraca atividade poderá originar precipitação fraca na generalidade do território, com probabilidade entre 35 e 60% a norte do sistema montanhoso Montejunto-Estrela e inferior a 35% a sul do referido sistema, que a ocorrer será sob a forma de neve em cotas baixas”.