Conservatório de Dança do Vale do Sousa “exporta” alunos para carreiras internacionais

Ensino. Escola que começou em 2005 com 20 alunos atualmente com uma estrutura que ronda os 300 alunos. Certificada pela DREN escola possui o Ensino Artístico Especializado de Dança.

O Conservatório de Dança do Vale do Sousa (CDVS) é ainda uma escola jovem e cheia de ambições, mas conta já com uma casa cheia de bailarinos.

Criado em 2005 na cidade de Paredes, pela professora e diretora Bianca Tavares, assume desde essa altura o compromisso de proporcionar aos seus alunos um ensino de excelência, providenciando-lhes todas as ferramentas que o mundo exigente da dança requere e preparando-os assim para um futuro nesta área.

Desde o ballet clássico, passando pelo contemporâneo, moderno, sapateado, até ao hip-hop, entre outras modalidades, o Conservatório aposta, essencialmente, na qualidade do ensino, tendo em conta as características e aspirações de cada aluno.

A escola, que começou em 2005 com cerca de 20 alunos e uma professora, com muito trabalho e gosto pela Dança, foi crescendo, tendo atualmente uma estrutura que ronda os 300 alunos, contando com o trabalho de mais de uma dúzia de professores. Desde setembro de 2017 que o CDVS possui umas novas instalações, perto da estação ferroviária de Paredes, construídas a pensar nas necessidades de todos os alunos.

 

Em 2010 foi concedido ao Conservatório, pela DREN, a autorização definitiva de funcionamento para o Curso Iniciação e Básico de Dança (1º ao 9º ano) e, em 2012 esta autorização foi alargada ao Curso Complementar de Dança (10º ao 12º ano). Desta forma, a escola possui o Ensino Artístico Especializado de Dança (…)

Leia a notícia completa na edição em papel de 15 de junho ou na edição eletrónica subscrevendo a assinatura digital no nosso site.