A Guarda Nacional Republicana, intensifica a fiscalização da condução sob influencia de álcool, com objetivo de prevenir a sinistralidade rodoviária e aumentar o sentimento de segurança dos utentes da via, a operação irá decorrer entre 15 e 28 de maio.

As ações de fiscalização serão direcionadas para as vias onde as infrações por excesso de álcool são mais frequentes e dão origem a um risco acrescido de acidentes de aviação, estando empenhados militares de comandos territoriais e da Unidade Nacional de Trânsito.

A condução sob influencia de álcool é uma das principais causas da sinistralidade rodoviária grave em Portugal, pelo que a GNR apela a que os condutores não ingeram bebidas alcoólicas se forem conduzir.