António Orlando – texto


Celebração. Parque da Cidade de Paredes acolheu, no dia 28 de abril, mais de 5 mil escuteiros, oriundos dos 125 agrupamentos da Diocese do Porto. O megaencontro que foi presidido pelo novo Bispo do Porto, D. Manuel Linda, celebrou São Jorge, o patrono mundial do escutismo.

São Jorge é um Santo venerado como mártir que, segundo a tradição, foi um soldado romano que veio a ser morto a 23 de abril do ano 303 por ser cristão.

Padroeiro de Inglaterra, a sua veneração em Portugal terá sido introduzida pelos Cruzados

ingleses que ajudaram nas guerras de reconquista, nomeadamente na tomada de Lisboa. Mais tarde, nos tempos de D. João I e do Condestável Nuno Álvares Pereira, e na Batalha de Aljubarrota, os portugueses gritavam “por S. Jorge” para se distinguirem dos castelhanos e do seu grito “por Santiago”.

S. Jorge é o Patrono mundial dos escuteiros. É um símbolo da luta entre o bem e o mal que existe em todos nós, e da procura da superação pessoal e do desenvolvimento do caráter (…)

Leia a notícia completa na edição em papel de 4 de maio ou na edição eletrónica subscrevendo a assinatura digital no nosso site.