Atleta penafidelense tinha sido terceiro no contra-relógio


O atleta penafidelense Pedro Pinto, Silva & Vinha A.D.R.A.P Sentir Penafiel, falhou por pouco o pódio da Volta Portugal em Juniores, após ter sofrido queda próximo a reta da meta

Segundo o diretor da Silva & Vinha A.D.R.A.P Sentir Penafiel, Joaquim Carlos, o atleta da formação de Galegos protagonizou, este domingo, uma excelente corrida, tendo estado na dianteira da prova na descida para Manteigas, mas uma queda já muito próximo da reta da meta comprometeu as aspirações do atleta e da equipa de garantir um lugar no pódio.

A quarta e última etapa ligou Penamacor Manteigas, numa extensão de 116 quilómetros.

Joaquim Carlos realçou que Pedro Pinto esteve grande no ataque à camisola amarela, a pouco mais de 25 quilómetros, atacou no pelotão e juntou-se ao grupo da frente, mas na última subida o Poço do Inferno, Pedro Pinto já na cabeça de corrida e quando tudo parecia bem encaminhado sofreu uma queda que o arredou da discussão pelo pódio

“Apesar de tudo, o Pedro Pinto esteve ao seu melhor nível, fez um contra-relógio de excelente nível no sábado e esteve muito próximo de fazer história”, assegurou, salientando que Pedro Pinto continua a trabalhar que os resultados apareçam.

Refira-se que no contra-relógio, Pedro Pinto foi 3.º classificado.