Por Juvenal Brandão, treinador de futebol

Quem está dentro do futebol sabe que é comum haver grande desinformação por parte dos jogadores e dos seus pais (no caso de encarregados de educação de jovens) no que toca a assuntos relacionados com a prática desportiva, mesmo de quem já está na modalidade há muitos anos.

Tal como eu, muitos outros são frequentemente abordados por pais e por atletas sobre se os jogadores podem ser transferidos; sobre o que é preciso para a transferência; sobre se para sair dos clubes podem ou têm de pagar; sobre quando começam ou terminam os campeonatos; sobre quantos clubes sobem e descem; sobre os horários dos jogos; e tantos outros assuntos.

A Federação Portuguesa de Futebol publica no início de cada época (Julho), ou antes da seguinte começar (Junho), o “Comunicado Oficial nº 1” (no seu site), que estabelece todas as regras e procedimentos. A Associação de Futebol do Porto faz o mesmo, normalmente no início de Julho, publicando a “Circular nº 1 Normas e Instruções”. Documentação acessível a qualquer pessoa. Interessante será dizer que todos os atletas amadores terminam no final de cada época a sua ligação ao clube onde estiveram inscritos mas, durante a mesma, só podem mudar caso o clube autorize e lhes ceda a carta de desvinculação; se o clube não quiser, não há sequer possibilidade de pagamento (…)

Pode ler este artigo na íntegra na edição de 12 de abril, em papel ou na edição eletrónica subscrevendo-a neste site.