Praça Santos Grácio, a homenagem ao homem que “falava alto e bom som” no tempo da ditaduraHomenagem. Paredes assinala, amanhã, a Revolução do 25 de Abril com uma homenagem póstuma a Santos Grácio. O nome deste ativista da liberdade passa a constar da toponímia da cidade de Paredes, no caso, no segundo patamar do Largo da Feira.

António Orlando – texto

O descerrar da lápide que evoca a memória de Santos Grácio está agendada para as 11h35 desta quarta-feira, 25 de abril, e será antecedida por uma cerimónia protocolar. A Banda Filarmónica de Cête atua no final do tributo a Santos Grácio.

A homenagem era reclamada há anos por determinados sectores da sociedade paredense mas só agora vai tomar forma. Recorde-se, por exemplo, na Assembleia de Freguesia de Castelões de Cepeda de 25 de junho de 2010 foram (…)

Leia a notícia completa na edição em papel de 24 de abril ou na edição eletrónica subscrevendo a assinatura digital no neste site.