Passeio TT quase acabava em tragédia


Pedro Moreira, de 34 anos, motard associado do Moto Clube do Vale do Sousa, ficou ferido, na manhã de segunda-feira dia 20 de agosto, quando estava com um grupo de amigos a realizar uma atividade com motas num caminho público em Santa Comba, Aguiar de Sousa, e embateu num cabo de aço que estava preso em dois eucaliptos.

A vítima ficou com ferimentos considerados ligeiros na cara e nos braços e foi hospitalizado. A denuncia foi feita pelo Moto Clube do Vale do Sousa, na sua página de Facebook. “Cuidado com os cabos de aço. Hoje um nosso associado podia ter perdido a vida. Sorte vir devagar e vergar-se de modo a evitar de ser apanhado pelo pescoço, mesmo assim teve vários ferimentos. Quem os coloca sabe a altura certa do corpo em cima da moto”, pode ler-se.

A fonte garante que o caminho é público, onde, além de motas passam jipes. O cabo estava atravessado no caminho, a unir dois eucaliptos e tinha pouca altura.