António Orlando – texto

Oito dias após ter-se sagrado campeão nacional de ciclocrosse, António Sousa voltou ao lugar mais alto do pódio ao conquistar a Taça de Portugal. Foi este domingo em Melgaço que o ciclista de Paredes arrebatou o troféu na classe 50 veteranos.

O protagonista da manchete desta quinzena d´O Progresso de Paredes fechou assim a época com chave d´ouro. Participou em 23 competições incluindo o campeonato do mundo onde terminou no 18ª lugar. Ao longo da época somou 20 vitórias, um 2º lugar e um 3º lugar.

Na Taça de Portugal composta por cinco provas, António Sousa disputou quatro “por ter como objetivo fazer o campeonato Galego. Mesmo assim com quatro vitórias consegui vencer a Taça e assim fazer a dobradinha. Obrigado a todos aqueles que em muito contribuíram para este feito”, disse António Sousa, cansado, mas feliz, no final da prova de Melgaço.