António Orlando – Texto


 

A Assembleia Municipal de Paredes aprovou a contas da Câmara relativas ao exercício de 2017 com os votos favoráveis de PS, PSD e CDU. O CDS absteve-se.

À luz dos documentos aprovados por unanimidade em reunião de Câmara e agora sufragados por maioria na AM, o passivo da Câmara em 31 de dezembro último era de 103 milhões de euros e a dívida de 50,6 milhões euros. O passivo aumentou 1 milhão de euros e dívida de curto prazo aumentou 7,4 milhões de euros(…)

Leia a notícia completa na edição em papel de 4 de maio ou na edição eletrónica subscrevendo a assinatura digital no nosso site.