António Orlando – texto

O Rali Amarante/Baião teve neste sábado um final épico com José Pedro Fontes/Paulo Babo, em Citröen C3 R5 a vencer a prova do Baixo Tâmega por 5 segundos de diferença face ao segundo classificado, João Barros/António Costa em Skoda Fabia R5.

No terceiro lugar ficou a dupla Armindo Araújo/Luís Ramalho em Hyundai I20 R5 a 21.20 segundos do primeiro lugar.

O Rali Amarante/Baião que fez a sua estreia no Campeonato de Ralis em substituição do Rali Casino Solverde, não podia ter sido mais emocionante. Depois de uma espécie de “agora venceu eu, a seguir vences tu”, entre João Barros e Pedro Fontes, nos primeiros dois terços do rali, Fontes assumiu o comando na 10ª e penúltima Prova Especial de Classificação (PEC). À partida para a última PEC de 12,44 km, os dois pilotos, “velhos amigos”, estavam separados por 0.5 segundo!

A vantagem acabaria ser suficiente para José Pedro Fontes ganhar o rali e ainda a reforçou deixando João Barros a 5 segundos.

 

 

Rali Amarante/Baião – Classificação final

  1. José Pedro Fontes 1:07:27.70
  2. João Barros + 0:05.00
  3. Armindo Araújo + 0:26.10
  4. Ricardo Teodósio + 0:49.90
  5. Miguel Barbosa + 1:51.60
  6. Diogo Gago + 2:23.80
  7. Pedro Almeida + 2:39.50
  8. Pedro Meireles + 2:46.80
  9. Paulo Meireles + 3:30.40
  10. Joaquim Alves + 3:53.30