Morreram os dois feridos graves resultantes de um atropelamento ocorrido na tarde de sábado na rua da Cabaneiras.

Pedro Leal, de 36 anos, conhecido por “espanhol” e que pertencia aos órgãos sociais do Moto Clube de Rebordosa, e José Nogueira, de 30 anos, não resistiram à gravidade dos ferimentos e faleceram no hospital.

Cinco pessoas foram colhidas por um carro e outras duas tiveram que ser igualmente assistidas vítimas de ataque de pânico. O incidente ocorreu durante a tradicional festa da matança do porco promovida pelo Moto Clube.

O condutor que acusou uma taxa de alcoolemia considerada crime foi detido. O automobilista fazia-se acompanhar por uma criança com cerca de 10 anos.

O atropelamento terá ocorrido após uma discussão entre elementos que participavam na festa do moto clube. O condutor abandonou o local, entrou no carro e avançou em direção a um grupo que estava em frente à sede do grupo motard.