Filho do velho “Lau” conquistou a Volta a Portugal Sub 23


Venceslau Fernandes confirmou este domingo, 9 de setembro, em Santarém, a vitória na 26ª Volta Portugal do Futuro Liberty Seguros. Camisola Amarela desde a segunda etapa, quando a competição Sub 23 se estreou no alto do Monte do Colcurinho, na linha divisória dos concelhos de Oliveira do Hospital e Arganil, Venceslau terminou a derradeira etapa da Volta do Futuro tranquilamente integrado no pelotão que discutiu a chegada no Centro Nacional de Exposições, em pleno Festival Bike Portugal.

O triunfo da sexta tirada foi de Iúri Leitão (Sicasal/Constantinos/Delta Cafés) ao sprint após 118,3 quilómetros iniciados também no maior certame dedicado ao comércio e indústria da bicicleta. Depois de muitas movimentações na região ribatejana, a fuga do dia evaporou-se já no último quilómetro, quando o jovem corredor da equipa do oeste, muito ativo durante toda a competição, bateu a concorrência e superiorizou-se a Francisco Campos (Miranda/Mortágua) e ao argentino Jose Martinez Ronconi (Baqué/IDEUS).

Nas contas finais da 26ª Volta Portugal do Futuro Liberty Seguros o dia final não trouxe surpresas, Tiago Antunes (Aldro) também confirmou o segundo lugar da geral a 21 segundos e Hugo Nunes (Miranda/Mortágua) a terceira posição a pouco mais de meio minuto para o vencedor. Venceslau Fernandes (Liberty Seguros/Carglass), o filho do “velho“ Lau, vencedor da Volta a Portugal de 1984, para além de ganhar esta competição também foi o Rei da Montanha e à Camisola Amarela acrescentou a Camisola Castanha Delta Cafés. Francisco Campos (Miranda/Mortágua), o mais regular, venceu a classificação dos pontos e vestiu a Camisola Preta KIA e o espanhol Ander del Castaño (Froiz) foi o líder da juventude, Camisola Laranja KTM. Coletivamente o triunfo foi da equipa espanhola Aldro, 18 segundos à frente da Miranda/Mortágua.

ResumoClassificacoes6Etapa-26VoltaPortugalFuturoLibertySeguros2018