Publicado por António Orlando

O Presidente da Câmara Municipal de Paredes, Alexandre Almeida, realiza, esta quinta-feira, dia 14 de dezembro, pelas 11 horas, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, em Paredes, uma conferência de imprensa onde promete “revelar a situação financeira gravíssima do município”, no mesmo dia em que apresenta em reunião do executivo o Orçamento para 2018.

“Com base na análise rigorosa feita às contas da autarquia e nas conclusões do Relatório da Inspeção Geral de Finanças (IGF), rececionado no mês de novembro”, o autarca Alexandre Almeida faz saber às redações  que irá revelar “dados de gravidade extrema” relativos à situação financeira do município. “Esses dados indiciam incumprimento de obrigações com o Estado, descontrolo, desequilíbrio financeiro e ilegalidade nas opções da gestão municipal anterior”, pode ler-se.

Assim sendo, na conferência de imprensa serão tratados os seguintes assuntos:

Orçamento do município de Paredes para 2018 – Contas difíceis e condicionadas pelo “Orçamento de Má Herança”

Devolução de cerca de 6 milhões de euros de fundos comunitários, no âmbito do processo movido à Câmara de Paredes pelo Organismo Europeu Anti Fraude – OLAF

Relatório da Inspeção Geral das Finanças (IGF) – datado de 7 de novembro de 2017. A auditoria da IGF feita em 2016 revela que a Câmara de Paredes não estava a cumprir com o Estado, no final de 2015, com as obrigações a que estava comprometida pelo Programa de Apoio à Economia Local (PAEL) referentes ao empréstimo de 19,7 milhões de euros, contraído em 2013, a pagar em 14 anos.

Tal como noticiou o Progresso de Paredes na sua última edição, “as contas da Câmara de Paredes atingiram o vermelho e põem em causa promessas eleitorais”. Uma das consequências é que o Imposto Municipal sobre Imóveis não vai baixar . A proposta de taxa de IMI para 2018 mantém a taxa nos 0,4%.

A situação financeira da Câmara de Paredes é assunto que será devidamente tratado na próxima edição do jornal O Progresso de Paredes cuja edição está agendada para o dia 22 de dezembro.