Código Musical organizou Espetáculo “Arte em Movimento” no Centro Cultural de Paredes

No dia 1 de junho, o Código Musical organizou o espetáculo “Arte em Movimento”.

O Grande Auditório do Centro Cultural de Paredes recebeu dois espetáculos que contaram com vários grupos: Infantários do Agrupamento de Escolas de Paredes, Shake it Dance, Cool Dance, USCP Academia de Dança, Missisdance, School Dance m, Dancing Soul, D Dance, Hélio DJ Eventos & Furniture Producer e Tiago Sousa com uma demonstração de magia.

Carla Nunes, da Associação Código Musical reiterou que o “esta é a 6.º Edição do evento,  e este ano foi particularmente especial, e desafiante, pois pudemos atuar no Grande Auditório do CCP, uma estreia que muito nos orgulhou…Conseguimos realizar duas sessões de espectáculo, com um público muito interativo com as actuações dos grupos convidados, que com as suas coreografias muito criativas, abrilhantaram o evento”. 

Acrescentou ainda que “quisemos também acrescentar mais valências ao evento, o que conseguimos com a presença de artistas da terra, como o Tiago Sousa, que apresentou truques de magia,  e que pretende crescer nesta área que tanto o atrai, e o DJ Hélio Silva, que é já um nome conhecido no concelho, e que desde muito novo está ligado à associação, e que agora se demarca com este novo projecto de sucesso.  Ambos contribuíram para tornar o evento muito mais cativante, graças à interação que criaram com o público e os dançarinos”. 

Um grande espetáculo exige sempre uma grande logística para que tudo corresse pelo melhor, “é trabalhoso, o resultado final é gratificante!  Os nossos alunos, e a professora Filipa Veloso, e todos os elementos dos órgãos sociais da Associação Código Musical, dão o seu melhor, mas também os grupos convidados, são essenciais para que a magia aconteça em palco, e por isso agradecemos a todos de coração”.

Carla Nunes finaliza destacando que “nada disto teria sido possível sem a colaboração do Municipio, na pessoa do Dr. Alexandre Almeida, e Dra. Beatriz Meireles, que criam as melhores condições para que a cultura no concelho se desenvolva e cresça, e tenha o lugar de destaque que merece”.

Maria Oliveira, dançarina da Associação Código Musical explica que “participar neste espetáculo foi uma oportunidade de partilhar a paixão da dança, não só com o público, mas também com todos os grupos que tornaram o evento possível. Em cada subida ao palco o momento torna-se único e fazemo-lo sempre com imensa alegria, amor e gratidão! É um privilégio poder fazer parte dum espetáculo como o nosso”.

Bruna Sousa, também dançarina da Associação Código Musical afirmou que “é sempre uma honra poder demonstrar o nosso trabalho num evento desta magnitude. Faço espetáculos há muitos anos mas é sempre especial subir a um palco mas mostrar algo que gosto tanto de fazer. Fico mesmo contente por ter vivido uma noite bonita junto das pessoas com quem danço, da minha família e amigos”.